• Vig Filmes

Marketing Digital: O que é, suas vantagens e ferramentas

Atualizado: 26 de Mar de 2018

O Marketing Digital cresceu exponencialmente nos últimos anos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo. Apesar de não ser novidade pra ninguém, o que explica esse crescimento?  E o porquê as empresas tem investido cada vez mais suas verbas de marketing no ambiente digital? É isso o que você vai entender e pode esperar ao ler esse artigo.





O que é Marketing Digital?

O termo marketing digital, obviamente, deriva de marketing. Antes da internet o Marketing sempre desempenhou papel importantíssimo para empresas (e até pessoas) que desejavam atender as necessidades e desejos de seus consumidores.

Daí derivam-se os famosos 4Ps do Marketing: Produto, Preço, Praça e Promoção. O Marketing, portanto, atuava na composição do produto, nas estratégias de precificação, nos canais de distribuição e, por fim, na Comunicação desse produto/serviço ao mercado.


O Marketing Digital nada mais é do que a adoção de estratégias e ações de marketing no ambiente digital que tem como objetivo promover produtos e serviços e as marcas atreladas a eles.


Como o Marketing Digital afetou o processo de decisão de compra

Antes do Marketing Digital, a decisão de compra do consumidor era limitada pelo tanto de informações que ele possuía acerca de determinado produto. Na maior parte dos casos, as informações estavam concentradas nas mãos das empresas e seus vendedores (portanto, tinham maior poder quando pensamos em estratégias de negociação).


O Marketing Digital veio para inverter essa equação. Com uma infinidade de informações disponíveis na internet (e acessíveis de qualquer local com os dispositivos móveis) sobre qualquer produto ou serviço, os consumidores passaram a deter muito mais poder (por vezes até mais que os vendedores das empresas).

Esse cenário trouxe muitos desafios para as empresas, mas também muitas oportunidades. Na medida em que as empresas hoje estão muito mais expostas do que antes (vide ferramentas como Reclame Aqui, Sites de Avaliações como TripAdvisor ou as próprias Redes Sociais), elas também se tornaram mais transparentes, responsáveis e isso está nivelando o jogo por cima.


Quais as principais vantagens do Marketing Digital? 

Como já citado acima, o Marketing Digital alterou radicalmente a dinâmica nos mercados. Separamos aqui 4 vantagens do Marketing Digital em relação ao Marketing Tradicional. São elas:


1-) Mensuração

Talvez a principal vantagem do Marketing Digital em relação ao Marketing tradicional seja o fato de conseguir se mensurar praticamente tudo.


Sempre que esse assunto vem à tona uma célebre frase do famoso John Wanamaker (um dos pioneiros do marketing moderno e um dos primeiros a abrir uma Loja de Departamentos nos EUA), ainda no século XIX que dizia: “Metade do orçamento investido em propaganda é desperdiçado. O problema é que não sei que metade é essa”.


Essa frase foi dita muito antes do advento dos meios de comunicação de massa, mas perdurou por muito tempo depois delas. E ela traz consigo uma questão do Marketing Tradicional que era exatamente a questão da mensuração.


Se no passado uma empresa fizesse uma campanha utilizando os meios tradicionais como TV, Rádio, Jornal e Revistas, por exemplo, seria muito difícil saber quais desses meios estavam trazendo o melhore retorno, ou pior, quais emissoras e programas de rádio, quais títulos de jornais e revistas específicas estavam trazendo os melhores retornos do investimento.


Já no Marketing Digital esse cenário é completamente diferente. Utilizando-se ferramentas específicas de mensuração é possível saber exatamente quais canais estão trazendo melhor retorno e consegue-se esmiuçar essas análises de detalhes. Por exemplo: que campanha específica numa mídia utilizada está trazendo melhor retorno?

Com isso é possível testar variáveis em busca dos melhores resultados, prática muito comum no ambiente Digital.


2-) Segmentação

Outra vantagem do Marketing Digital é a capacidade de segmentação do público que hoje podemos atingir. Se no passado as campanhas “de massa” atingiam muitas pessoas (por isso o nome), com grande dispersão, atualmente é possível realizar segmentações incríveis atingindo nichos de mercado com extrema precisão e assertividade.


Alguns exemplos de segmentações comuns:

  • Geolocalização

  • Idade

  • Sexo

  • Interesses

  • Cargo/Profissão

  • Faixa de Renda

Isso só para citar algumas possibilidades. Portanto, o poder de segmentação do público-alvo que o marketing digital e suas ferramentas trouxeram é, sem dúvida, uma das principais vantagens em relação ao Marketing Tradicional.


3-) Custo-Benefício

Por muito tempo, o acesso ao Marketing Tradicional e a utilização dos meios de comunicação de massa foram reservados às empresas de maior porte e com maiores orçamentos. Hoje, no entanto, é possível desde microempresas recém-fundadas até as gigantes multinacionais aproveitarem os benefícios do Marketing Digital.


Com investimentos módicos qualquer empresa (ou pessoa física) poderá utilizar as ferramentas disponíveis do Marketing Digital para atingir seu público-alvo e impactá-lo de alguma forma.


Os investimentos em marketing digital vem crescendo no país ano após ano, mas ainda assim, quando comparado a países desenvolvidos da Europa e América do Norte ainda estamos muito atrás.


4-) Agilidade na implementação (sistemas self-service)

No Marketing Digital tivemos a quebra de alguns “muros”. Um desses muros é o intermediário. No Marketing Tradicional, geralmente você tem a figura do intermediário (geralmente uma agência de publicidade, uma produtora de áudio ou vídeo) e você necessariamente precisava da ajuda de um deles para lidar com os meios de comunicação e espalhar sua mensagem.


Tudo isso era mais custoso (tudo custava mais recursos – humanos, financeiros e, principalmente, de tempo). No Marketing Digital isso mudou completamente. Hoje você não tem essa figura do intermediário na maior parte dos casos (você interage diretamente com a empresa de mídia) e você geralmente possui um sistema self-service em que pode atuar para programar suas campanhas e outras atividades.


Um exemplo prático: Digamos que sua empresa está lançando um novo serviço e você precisa fazer uma campanha para anunciar esse lançamento. Num único dia você mesmo pode programar uma campanha no Google Adwords (utilizando o sistema de self service deles), lançar uma campanha no Facebook e outra no Linkedin (utilizando a mesma lógica). Sem falar no e-mail marketing que você irá criar e enviar para sua base de contatos (fazendo isso por uma interface intuitiva e amigável), além de fazer um post no seu blog anunciando a novidade.


Percebeu? Em nenhum momento havia um intermediário no meio. Tudo o que você precisou foi: acesso a internet, conhecimentos nessas ferramentas e um cartão de crédito. Tudo isso alterou profundamente a velocidade com que as empresas tem condições de implementar ações de marketing digital para promover seus produtos e serviços.


Principais terminologias do Marketing Digital


Inbound Marketing

O termo Inbound Marketing foi cunhado por um dos fundadores da HubSpot, Brian Halligan, atual CEO da empresa.


O Inbound Marketing é uma estratégia de marketing digital que poderia ser resumida numa frase: “A melhor forma de encontrar o seu cliente, é ser encontrado por ele.” Essa frase atribuída a Martha Gabriel é excelente para contextualizar o Inbound Marketing.


O Inbound marketing, também conhecido como Marketing de Atração, tem como um de seus principais pilares o marketing de conteúdo (veremos abaixo), com o objetivo de criar e compartilhar conteúdos de valor para trazer o público certo para o seu negócio.


Para que essa estratégia funcione, é necessário alinhar o conteúdo produzido com os interesses de seu público, para que você possa atrair um tráfego de qualidade e que faça sentido para o seu negócio, para que, então possa converter parte desse tráfego em leads, fechar negócios e conquistar a fidelidade do cliente no médio a longo prazo.

O Fluxo do Inbound Marketing:


Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo é a estratégia de marketing digital que visa atrair tráfego qualificadopara seus canais (site, blog, mídias sociais) oferecendo conteúdo de qualidade e valor que contribua para gerar mais leads e vendas de seu produto ou serviço.


Atualmente existem diversos formatos de conteúdo que podem ser criados, veja os mais relevantes:

  • Posts de Blog – O meio mais difundido. Desde os primórdios da web o formato texto, geralmente em blogs, tem sido um dos mais utilizados.

  • Vídeo Post – Posts no formato de vídeo, seja no Blog ou nas mídias sociais. Com a expansão da banda de internet na última década os vídeos tiveram um crescimento exponencial. Basta rolar sua timeline em qualquer rede social para ver isso. O Youtube é o segundo maior buscador da internet. Isso diz muita coisa.

  • Infográficos – Um meio de apresentar informações relevantes com criatividade e leveza por meio de gráficos caprichosos no design. Um formato que também cresceu muito nos últimos anos.

  • Podcasts – Em formato de áudio, com o avanço dos dispositivos móveis, cresceu muito também e hoje conquista um público grande e geralmente mais qualificado.

  • Apresentações – O slideshare é um exemplo e uma das ferramentas da web que possuem apresentações de todos os tipos. Também um outro formato de conteúdo a ser apresentado.

  • Webinars – São apresentações e palestras em vídeo. Para aprofundar mais em algum conteúdo são o formato ideal e também são grandes geradores de leads.

Esses são alguns deles, mas existem muitos outros que poderíamos citar.


SEO (Search Engine Optimization)

A sigla SEO pode ser traduzida como Otimização para Mecanismos de Busca, ou seja, o conjunto de atividades desenvolvidas com o objetivo de posicionar bem um site nos buscadores para determinadas palavras-chave relevantes àquele negócio.


Vídeo Marketing

Como vimos, com o crescente aumento na velocidade de banda da internet, os vídeos se tornaram cada vez mais populares e cada vez mais importantes nas estratégias de marketing digital das empresas.


O formato de vídeo é um dos principais para conseguir engajamento com seu público, pois por meio dele você conseguirá transmitir:

  • Mais conteúdo e proposta de valor

  • Mais Empatia

  • Mais Transparência

  • Mais Credibilidade (transmitindo seu conhecimento)

Além disso, numa pesquisa feita pela Hubspot com mais de 3000 pessoas dos EUA, Alemanha, Colômbia e México em que perguntavam: “Em geral, qual tipo de conteúdo você mais deseja ver no futuro?” a maior parte dos pesquisados respondeu que era vídeo com 53% das intenções.


Fonte: Mirago.com.br


TAG: Produtora de Video, Vig Filmes, Animação 2D, Video Corporativo, Vídeo Institucional, Vídeo animação 2D, Produtora de video SP, Produtora de Vídeo em São Paulo, Produção de vídeo institucional, Corporativo, Institucional, Vídeo, Produtora, Produção, Videoaula, Video empresarial, video apresentação, publicidade, produtora de VT, criação de vídeo, estúdio de animação, estúdio de animação 2D, produtora de vídeo de comunicação interna, video marketing, produtora vídeo institucional sp, empresa de video,

2 visualizações

© 2019 | Vig Filmes

Siga a gente:

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White Vimeo Icon